Boa Tarde !     Utilizadores Online:       

DISTRITOS
Algarve
Aveiro
Beja
Bragança
Braga
Castelo Branco
Coimbra
Évora
Guarda
Leiria
Lisboa
Portalegre
Porto
Santarém
Setúbal
Viana do Castelo
Vila Real
Viseu
Açores
Madeira
main
main

HOLOCAUSTO da 2.ª GUERRA MUNDIAL

Data adicionada : January 29, 2017 03:00:04 PM
Autor: José Manuel de Sousa
Categoria:
 
José Manuel de Sousa
29 janeiro 2017
Comemorou-se no passado dia 27/01/2017, o aniversário de um dos mais hediondos crimes contra a humanidade praticado pelos nazis alemães, assassinando milhões de judeus e outras etnias.

Desses acontecimentos sobressai a Kristalnacht (Noite de Cristal) (1938), onde depois dos alvos terem sido previamente assinalados, foram destruídos, saqueados e incendiados estabelecimentos comerciais, sinagogas e queimados livros, acentuando-se a perseguição às minorias, especialmente as dos Judeus e ciganos (por todo o universo nazi-alemão), no período vivido em plena ascensão e queda do Nacional Socialismo - que retratou o extermínio das minorias, realçando-se o conteúdo das câmaras de gás (ante-câmara dos fornos onde seriam cremadas todas as vítimas desse "duche" forçado, entre mães e filhos abraçados sob os gritos inimagináveis de desespero de quem sabia que ia morrer a sangue frio).



Foi um período abominável com milhões de seres humanos cadáveres (mas também com alguns ainda vivos) a serem despejados e enterrados em valas comuns a céu-aberto; e de cinzas platinadas pelo gás dos fornos crematórios sem deixar rasto dos Campos de extermínio espalhados pela Polónia de norte a sul. Neste caso vertente do Holocausto, resultava pelo saque imediato ou pelo roubo de bens a posteriori, como sempre acontece em situações de catástrofe, quer fossem polacos ou alemães, onde por conveniência directa e imediata, todos souberam da tragédia em curso nessa época. No fundo duplo da realidade residia a insilenciável ignomínia liquidando sistematicamente de forma continuada seis milhões de judeus, outras etnias, diminuídos físicos e mentais, e géneros de orientação sexual diferente, durante os anos de 1942 a 1945, tudo a favor de uma "raça ariana pura", a dos alemães.

Sobre este tema de genocídio (Holocausto, ou Shoah) difícil de explicar, se comemorou agora mais um dia para que não os esqueçamos do que foi essa tragédia, e de todos os milhões de seres humanos que morreram combatendo; quer fossem soldados do exército alemão ao serviço do nazismo hitleriano, dos exércitos Aliados e civis da Resistência francesa, ou dos ditos inimigos - os russos.

Honra e memória a todos os que morreram ignominiosamente a favor (?) desta actual sociedade, com nuvens muitos negras de novo a pairar sobre as nossas cabeças.

 
main
Avaliações
main
comentários
main